comunidades.net
nation2.com nation2.com nation2.com nation2.com
comunidades.net
 F V Dificuldade ou Medo para dirigir
nation2.com
nation2.com



Total de visitas: 88414

comunidades.net
Entrevista

 

http://www.youtube.com/watch?v=_XkYuu8J9w8

 

http://www.youtube.com/watch?v=_PgGhh5if8g

 

 

 

Jornal O Dia  de 08/05/2011.

Verdadeiro Personal Driver   

Hoje em dia é comum a figura do Personal Trainer, aquele
profissional que ajuda pessoalmente e quase que diariamente o
cliente a manter sua forma física.
Mas o que pouca gente conhece é o serviço de Personal Driver.
“O meu trabalho é voltado para as pessoas que têm alguma
dificuldade, falta de confiança ou restrição para dirigir”, conta
o instrutor Fábio Vicentini, único a realizar esse trabalho no estado
de São Paulo.
Vicentini faz jus ao status de Personal Driver, pois busca o aluno em casa e segue os horários do cliente. Após uma pré-avaliação, é feita uma programação adequa da até que o aluno obtenha todas
as técnicas de direção tanto para o dia-a-dia das ruas, quanto para as estradas.
O curso tem 20 horas/aula . O serviço está disponível apenas para pessoas habilitadas e não substitui
as aulas obrigatórias e o processo para adquirir a habilitação.
Mais informações pelos telefones :(13) 34679848  ou e-mail fabiovicentini@ig.com.br.

Na próxima edição o Auto Jornal vai experimentar e contar e
como funciona o curso do Personal Driver.
Serviço exclusivo em São Paulo

 

Jornal o Dia de 15/05/2011.

 

Serviço aprovado

Na semana passada o Auto Jornal deu a dica sobre o curso de Personal Driver, ministrado por Fábio Vicentini, na cidade de São Paulo. Nessa semana o  repórter Felipe Mazorca foi conferir como funciona esse serviço exclusivo e relata suas impressões. A diferença entre uma aula de direção comum e o curso ministrado por Vicentini é visível logo no primeiro contato. Após acertarmos dia e horário, o instrutor foi até a redação para dar início às aulas. “É o que eu chamo de Delivery Class. Eu vou até onde o aluno está, faço o horário do cliente”, explica. E não para por aí. O carro com ar-condicionado, direção hidráulica, música relaxante e a boa didática do instrutor colaboram para que o aprendizado ocorra ainda mais naturalmente. “Os auxílios na direção e o clima de tranqüilidade são fundamentais para a pessoa que tem dificuldade e geralmente fica nervosa ao dirigir. A aceitação é de 100%”,  garante o instrutor. Comigo funcionou perfeitamente. Fiquei muito à vontade em todos os momentos. Assim como numa avaliação física, Vicentini usa as primeiras aulas para enxergar como está a dirigibilidade do aluno e então fazer uma programação mais adequada a cada um. “Eu começo com o básico e conforme ele pega mais confiança, eu vou aumentando  o percurso. Assim que ele estiver melhor, nós criamos as situações de seu dia-a-dia, como ir à faculdade, ao mercado, ao shopping ou ao trabalho”, explica. Eu, como já tenho alguma experiência ao volante, precisei de apenas seis horas/aulas das 20 do curso normal para concluir a programação que ele fez para mim. Mas por mais experiente que o motorista seja, essas lições básicas podem ser muito importantes. Saber usar adequadamente todos os pedais e segurar corretamente no volante pode evitar transtornos e acidentes no trânsito. “Eu costumo dizer que 70% da dirigibilidade está no controle dos pedais. E os outros 30% está na maneira correta de segurar o volante”, ressalta Vicentini. Realmente pude comprovar que em todas as situações comuns – subidas, retomadas, contorno de curvas, desvios, mudanças de  faixas e ultrapassagens – ter o controle total dos pedais e segurar o volante na posição “quinze para as três” – imagine o volante um relógio e suas mãos os ponteiros – facilita bastante a condução do veículo, além de gerar mais controle e segurança. As aulas seguem uma seqüência de etapas pré-estabelecidas por Fábio Vicentini, mas que podem ser modificadas de acordo com a evolução do aprendiz. “O mais importante é seguir passo a passo. Na escola, não adianta querer ensinar uma matéria de faculdade para um estudante do ensino fundamental. Aqui é a mesma coisa”, afirma “Biola”, como ele é conhecido. Após o aluno estar totalmente apto a andar no trânsito do dia-a-dia, chega-se a fase final. O encerramento é com chave de ouro: uma viagem, no carro do cliente, ao litoral sul de São Paulo, passando pela Praia Grande, São Vicente – com parada no topo da Ilha Porchat  e Santos. “O aluno, além de adquirir as técnicas de estrada, que são fundamentais em sua formação, ainda faz um passeio gostoso, descontraído, com belas paisagens”, explica.O único gasto na viagem é com os pedágios, já que a gasolina é paga por “Biola”. Trabalhar com um Personal Driver vale a pena. O serviço está aprovado, alcançou todos os objetivos. “Acredito que todos são capazes de dirigir bem, basta aprender da melhor maneira possível”, completa Vicentini. Após fazer o curso, estou muito melhor e mais confiante ao volante. E também ofereço um risco muito menor às pessoas que antes “sofriam” ao me encontrar pelas ruas de São Paulo. Mais informações pelos telefone: (13) 34679848 ou e-mail fabiovicentini@ig.com.br.

 

Hoje em dia é comum a figura do Personal Trainer, aquele profissional que ajuda pessoalmente e quase que diariamente o cliente a manter sua forma física. Mas o que pouca gente conhece é o serviço de Personal Driver.

 

Este é o trabalho realizado pelo instrutor Fábio Vicentini. O curso é voltado para pessoas que tem algum tipo de dificuldade, falta de confiança ou restrição para dirigir.

 

O serviço é pioneiro e exclusivo na região metropolitana de São Paulo. As aulas são individuais e o instrutor busca o aluno em casa, no trabalho ou onde ele estiver para todas as atividades.

 

No início do curso o instrutor avalia a habilidade do aluno e a partir daí desenvolve o melhor planejamento de trabalho, que inclui noções básicas de dirigir, situações do dia-a-dia e viagens em auto-estradas.

 

Ao final do acompanhamento do Personal Driver, o aluno estará totalmente apto a enfrentar o trânsito das maiores metrópoles, bem como realizar grandes viagens com tranqüilidade e segurança.

 

É importante lembrar que o aluno precisa ser habilitado e o curso não substitui as aulas obrigatórias e todo o processo para adquirir a habilitação.

 

O programa de Personal Driver segue o nome bem à risca. Todas as aulas acontecem no sistema de Delivery Class, no qual o instrutor vai ao encontro do aluno, onde quer que ele esteja. O curso é tão personalizado que é o próprio cliente quem faz o seu horário.

 

Para que o curso seja mais produtivo é fundamental que o aluno se sinta à vontade para aprender com naturalidade. Fábio Vicentini dá toda a estrutura necessária com carros que possuem ar-condicionado, direção hidráulica e sempre uma música relaxante no cd player.

 

Além da estrutura diferenciada no sistema de aulas e nos carros utilizados no curso, outra grande diferença entre o serviço de Personal Driver e as tradicionais aulas para habilitados é a didática.

 

Transmitindo sempre calma e tranqüilidade, Fábio Vicentini passa o conteúdo das aulas com clareza e precisão aos alunos. A aprovação até hoje é de 100%.

 

O acompanhamento do Personal Driver tem carga de 20 horas-aulas, distribuídas conforme a disponibilidade e necessidade do cliente.

 

O curso é dividido em três partes: técnicas básicas de direção, reprodução das situações do dia-a-dia e desenvolvimento de técnicas em estrada.

 

Assim como numa avaliação física, Vicentini usa as primeiras aulas para enxergar como está a dirigibilidade do aluno e então fazer uma programação mais adequada a cada um.

 

No início o Personal Driver desenvolve o controle dos pedais e a técnica de dirigibilidade do cliente. Estes fatores geram mais controle, segurança e facilitam a condução do veículo em situações comuns, como subidas, retomadas, contorno de curvas, desvios, mudanças de faixas e ultrapassagens.

 

Após afiar a técnica para condução do veículo, o aluno passa a simular as situações que encontra no seu dia-a-dia, para se familiarizar e não ser pego de surpresa. Esta consiste em idas ao supermercado, à faculdade, ao shopping ou ao trabalho.

 

Preparado para enfrentar o trânsito de uma metrópole, o aluno chega à fase final, que é aplicar seus conhecimentos na estrada. O encerramento é uma viagem, no carro do cliente, ao litoral sul de São Paulo, passando por Praia Grande, São Vicente – com parada no topo da Ilha Porchat – e Santos. Os alunos da baixada sobem a serra indo até São Paulo.

 

Fábio Vicentini está ligado com educação ao volante há mais de 15 anos. Ele iniciou seu trabalho como instrutor em 1996, dando aulas para futuros pilotos de carros e de motos. Neste mesmo ano ele fez parte da equipe de resgate do GP Brasil de Fórmula 1. Faz parte do CEOC. Centro de Excelência de Oficiais de Competição reconhecida pela FIA.

 

Em 1996 Vicentini iniciou seu trabalho como instrutor de direção defensiva e instrutor de teste driver (função exercida na BMW e na Volvo,GM,BMW,Ford,Kia e em 1998 passou a realizar o xclusivo serviço de Personal Driver.

 

Ele também atua como piloto e instrutor de Test Drive, tanto de motocicleta quanto de carros. Atualmente também ministra aulas práticas de pilotagem competitiva na Alpie – Escola de Pilotagem, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

www.alpie.com.br

 

 

 

 

 

 

comunidades.net
Criar um Site Grátis  |  Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net